quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

SEMINÁRIO PARA NOVOS GESTORES NA FAMURS.

AMM presente no Seminário dos Novos Gestores da Famurs
15 de Fevereiro de 2017

Prefeitos e lideranças da região das Missões estão na capital gaúcha participando do Seminário dos Novos Gestores da Famurs, com o tema “Reconstruindo o Brasil a partir dos municípios", que iniciou na manhã desta quarta-feira (15) e reuniu cerca de 600 pessoas. A programação do evento, que ocorre até o final do dia e se estende até amanhã (16), é direcionada às pautas municipalistas, especialmente a luta por um novo pacto federativo.

Abriu os trabalhos o prefeito anfitrião, Nelson Marchezan Junior. Na sequência, se manifestaram o presidente da Associação Gaúcha de Municípios, o missioneiro Carlos Cardinal; o presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Paulo Ziulkoski, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Marco Peixoto; o chefe da Casa Civil, Márcio Biolchi, representando o governo do RS; o presidente da Famurs, Luciano Pinto, entre outras autoridades.

Na avaliação do presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM), Brasil Antonio Sartori, o anúncio do conselheiro Peixoto de que o se os municípios necessitarem podem acionar o apoio do TCE, é de grande valia para os chefes do Executivo, considerando que tribunal sempre atuou apenas como o órgão fiscalizador dos municípios. Também o prefeito de Giruá, Rubem Weimer, entende que “a proximidade do TCE é um suporte para os prefeitos”.

Noeli Borré Ruwer, prefeita de São Paulo das Missões, reiterou que “sempre é um alento ouvir as orientações do presidente Ziulkoski, da CNM, incansável defensor das lutas municipalistas”. Da mesma forma, analisa o chefe do Executivo de Salvador das Missões, Daniel Gosrki, ao destacar que frequentemente a CNM envia informações e orientações relevantes para os municípios.

Estão presentes os prefeitos de Bossoroca, Caibaté, Mato Queimado, Dezesseis de Novembro, Entre-Ijuís, São Paulo das Missões, Roque Gonzales, Ubiretama, São Nicolau, Garruchos, Salvador das Missões, Pirapó, São Luiz Gonzaga, Rolador, Giruá, Guarani das Missões, Santo Antônio das Missões, o deputado estadual Eduardo Loureiro, entre outros prefeitos, secretários municipais e lideranças da região das Missões.

site AMM

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

ASSINADA CARTA PRÓ-PONTE EM PORTO XAVIER.

Assinada por autoridades brasileiras e argentinas a carta pró-ponte Porto Xavier/San Javier
13 de Fevereiro de 2017
No próximo encontro, dia 31 de março, será apresentada a comissão formada por representantes dos dois países

Porto Xavier, do lado brasileiro, assim como San Javier, do lado argentino, tecnicamente, estão preparados e detêm todas as condições para instalação da ponte internacional, a qualquer momento. O que falta é decisão política. Até aí, nenhuma novidade. Mas, a partir do momento em que lideranças do Brasil e da Argentina mobilizem também a população nesta luta, pressionem pessoalmente e de forma contínua as autoridades federais, sem dúvida, aumentam as possibilidades deste sonho antigo, mas possível, se tornar realidade. E, quem sabe, depois de 50 anos, esta ponte vai ‘desencantar’.

Esta foi a manifestação que permeou o encontro realizado na manhã de segunda-feira (13), em San Javier/Misiones/Argentina, que contou com a participação de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores da região das Missões/RS/Brasil, intendentes e deputados da província de Misiones, além da imprensa. A primeira iniciativa deliberada na reunião, que foi coordenada pelo anfitrião, o intendente ao cargo de San Javier, Julio Cesar Tkachuk, e pelo presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM), Brasil Antonio Sartori, foi a elaboração da Carta Oficial Pró-Ponte Internacional Porto Xavier/San Javier, assinada por todos os participantes.

Siempre Adelante 

O documento firma o compromisso de atuação integrada em todas as etapas seguintes, quanto às providências de respostas efetivas dos governos do Brasil e Argentina no que tange à divulgação do resultado do Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA). “Mais que isso, vamos demonstrar de forma convincente que Porto Xavier e San Javier estão prontos para receber a ponte”, destacou o dirigente da AMM, Brasil Antonio Sartori, que é prefeito de Entre-Ijuís.
Com a mesma intensidade e convicção, o intendente a cargo de San Javier garantiu que a província de Misiones e sua gente está junto com a região das Missões nesta luta que vem de longa data, mas com a soma de esforços e medidas efetivas, é viável avançar nas tratativas.

31 de março de 2017

Esta será a data do próximo encontro sobre o tema, que vai ocorrer novamente em San Javier, às 9h30min, quando será apresentada oficialmente a comissão formada por integrantes dos dois países, incluindo prefeitos, intendentes, deputado estadual e federal, representante do setor privado, entre outros. Na oportunidade, serão estabelecidas as primeiras agendas que serão cumpridas pela comissão do Brasil e da Argentina, em audiências com autoridades dos dois países.
Comitiva missioneira
Integraram a comitiva da região das Missões na reunião em San Javier o vice-presidente da AMM e prefeito de Rolador, Paulo Peixoto; prefeitos de Porto Xavier, Vilmar Kaiser; São Luiz Gonzaga, Sidney Brondani; Mato Queimado, Orlando Thomas; Roque Gonzales, João Haas; São Pedro do Butiá, Martinho Berwanger; Salvador das Missões, Daniel Gorski; vice-prefeito de Porto Xavier, Gilberto Menin; presidente da Câmara de Vereadores de Roque Gonzales, Olavo Spohr; secretário de Administração de Salvador das Missões, Julci Luft; Edio Eckerleben, entre outros.

Acolhida especial

Brasil Sartori reiterou o apoio recebido da Associação dos Municípios do Planalto Médio (Amuplam), que também está engajada nesta pauta missioneira. No encontro todos os participantes tiveram a oportunidade de se pronunciar. “Nossa delegação defendeu e contextualizou com maestria, as razões que justificam a ponte internacional Porto Xavier/San Javier. De igual maneira, fizeram as lideranças argentinas. Em nome dos 26 municípios da região das Missões, agradecemos aos anfitriões, que tão bem nos acolheram, em especial ao intendente ao cargo de San Javier/Misiones/Argentina, Julio Cesar Tkachuk e equipe”, reconheceu o dirigente da AMM.

site AMM

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

UFFS PERDE O PROFESSOR DIEGO.

Faleceu nesta manha de 10 fevereiro em Passo Fundo o  professor
da UFFS -Campus Cerro Largo DIEGO RICIERI MANENTI.
O Velório será realizado em São Miguel do Iguaçu-PR e o sepultamento
às 17:30 hrs do dia 11 de fevereiro. 
A direção, professores, técnicos-administrativos e 
acadêmico do Campus Cerro Largo prestam condolências  aos familiares e amigos.
.

AMM NA ARGENTINA NA BATALHA PELA PONTE.

AMM estará reunida com intendentes na Argentina para tratar sobre a ponte Porto Xavier/San Javier
10 de Fevereiro de 2017
AMM estará reunida com intendentes na Argentina para tratar sobre a ponte Porto Xavier/San Javier
Presidente da AMM e presidente da AMUPLAM

Na manhã da próxima segunda-feira (13), uma comitiva da Associação dos Municípios das Missões (AMM), estará em San Javier numa reunião com intendentes argentinos. Na pauta, planejamento de ações conjuntas e imediatas entre autoridades dos dois países, pela viabilização da ponte internacional Porto Xavier/San Javier. 

Além do presidente da AMM e prefeito de Entre-Ijuís, Brasil Antonio Sartori, que estará liderando a delegação missioneira, também já confirmaram presença o vice-presidente da Associação e prefeito de Rolador, Paulo Peixoto; os prefeitos de Porto Xavier, Vilmar Kaiser; Mato Queimado, orlando Thomas; Pirapó, Auri Kochhann; Salvador das Missões, Daniel, Gorski; Bossoroca, que estará representada pelo prefeito, José Moacir Dutra, ou pelo vice-prefeito, entre outros participantes.   

Reforço da AMUPLAM

Dando seguimento às tratativas deste pleito, nesta sexta-feira (10), Brasil Antonio Sartori esteve no gabinete do prefeito de Coronel Barros, Edson Arnt, que preside a Associação dos Municípios do Planalto Médio (Amuplam), congregada por 11 municípios. “Recebemos um documento formal declarando total apoio e comprometimento da Amuplam, à luta da região missioneira pela ponte Porto Xavier/San Javier”, afirmou Brasil Sartori, que também é prefeito de Entre-Ijuís.

Conforme informou o dirigente da AMM, o presidente da Amuplam só não estará presente no encontro em San Javier, devido a compromissos agendados anteriormente. “O prefeito Edson nos garantiu que nas próximas agendas em defesa da ponte na região das Missões, faz questão somar forças ao nosso lado”, concluiu Sartori.

Por Karin Schmidt
Fonte: Assessoria de Imprensa- site AMM

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

AMM LIGADA NA PONTE INTERNACIONAL DE PORTO XAVIER.

Ponte internacional Porto Xavier/San Javier: AMM aciona autoridades em Brasília
08 de Fevereiro de 2017

Próxima etapa será uma reunião em San Javier para retomada das tratativas da construção da ponte na região das Missões


No mesmo dia que assumiu o comando da Associação dos Municípios das Missões (AMM), na manhã da última segunda-feira (6), o presidente da entidade e prefeito de Entre-Ijuís, Brasil Antonio Sartori, iniciou várias ações para dar seguimento ao desenvolvimento estratégico local e regional. Ao tomar conhecimento de que no dia seguinte haveria uma reunião em Brasília com o presidente Michel Temer e o presidente da Argentina, Maurício Macri, sobre temas unificados visando o fortalecimento econômico dos dois países, a AMM imediatamente se articulou para que fosse incluída na pauta a ponte internacional Brasil/Argentina.

Foi encaminhado um ofício da Associação, em nome dos 26 municípios missioneiros, assinado pelo dirigente, Brasil Sartori, e pelo prefeito de Porto Xavier, Vilmar Kaiser, ao Ministério das Relações Exteriores para o subsecretário-geral da América Latina e do Caribe, Paulo Estivallet de Mesquita, reiterando a urgência da divulgação oficial do resultado do Estudo de Viabilidade Técnica Econômica e Ambiental (EVTEA), que apontará o local que será contemplado com o empreendimento. No documento foi enfatizada e devidamente embasada a luta da AMM, conjuntamente com empresários, lideranças, comunidades e outras forças da região das Missões, para que a construção seja entre Porto Xavier/San Javier.

Além disso, foram contactados pelo presidente da AMM representantes da bancada gaúcha no Congresso Nacional e no Senado. “Solicitamos também o apoio da senadora Ana Amélia Lemos, que prontaente nos atendeu  por intermédio de sua assessoria, para que fosse inserida na pauta do encontro a urgência do anúncio do resultado do EVTEA ", destacou Brasil Antonio Sartori.

Após a reunião, que contou com a participação do governador do RS, José Ivo Sartori,  foi divulgada pela senadora gaúcha, Ana Amélia Lemos, a seguinte nota: “convidada para participar do almoço, que teve a presença dos governadores do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, conversei com o embaixador da Argentina, Carlos Magariños sobre o projeto da terceira ponte sobre o Rio Uruguai. O embaixador me comunicou que será marcada reunião entre técnicos dos dois países para tratar do assunto. A informação foi confirmada pelo embaixador da Argentina no Brasil, Sérgio Danese, e pelo Chanceler José Serra”.

O dirigente da AMM ressaltou que "em momentos como este é que percebemos a importância da força política da AMM na articulação de demandas prioritárias para o crescimento econômico da região das Missões, como a ponte internacional Porto Xavier/San Javier”, salientando que está sendo agendada uma reunião da AMM com o intendente de San Javier/Argentina para tratar deste tema.

Por Karin Schmidt
Fonte: Assessoria de Imprensa-site MM

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

BRASIL ANTONIO SARTORI É O NOVO PRESIDENTE DA AMM.

Prefeito de Entre-Ijuís, Brasil Antonio Sartori (PP), é o novo presidente da AMM

06 de Fevereiro de 2017
Prefeito de Entre-Ijuís, Brasil Antonio Sartori (PP), é o novo presidente da AMM
Brasil Antonio Sartori, presidente da AMM e prefeito de Entre-Ijuís

Trabalhar coletivamente com os 26 municípios em questões como cirurgias eletivas e desconto da previdência dos servidores municipais, estão entre as ações desta gestão

Depois de 29 anos de criação, pela primeira vez um chefe do Executivo de Entre-Ijuís assume o comando da Associação dos Municípios das Missões (AMM) e Fundação dos Municípios das Missões (Funmissões). O atual prefeito, Brasil Antonio Sartori (PP), foi eleito na manhã de segunda-feira (6), durante assembleia mensal que ocorreu em Cerro Largo, para presidir a entidade até março de 2018.

O novo dirigente da AMM e da FUNMISSÕES tem como principal bandeira a união dos 26 municípios missioneiros em torno das pautas de interesse comum, seja nas áreas de saúde, infraestrutura, capacitação, turismo e demais setores, entre as quais destacam-se: solução para o passivo de cirurgias (judicializar, se necessário); regularização de repasses na área de saúde; acesso asfáltico aos sítios arqueológicos; capacitação de servidores em âmbito regional; criação de banco de projetos, relação legal entre contribuição do servidor e do poder público. “Independente de questões partidárias, vamos atuar unidos para atender com dignidade as necessidades da população da região da Missões”, assegurou Sartori.

Além disso, a atual diretoria dará continuidade às demandas locais e regionais, que vêm sendo reivindicadas pela AMM junto aos governos federal e estadual, como a ponte internacional Porto Xavier/San Javier, aeroporto regional de Santo Ângelo, sinalização turística, integração da Ruta Jesuítica da Sudamérica, ligação entre os municípios, entre outras.

Trajetória Brasil Antonio Sartori

Aos 61 anos, advogado e agricultor, o presidente da AMM/Funmissões é prefeito de Entre-Ijuís, gestão 2017/2020, onde atuou como vice-prefeito nos últimos quatro anos, também pelo Partido Progressista (PP), filiado desde 2008. Brasil Sartori entrou na política a convite de vários partidos, mas, por tradição familiar optou pelo PP. Sartori iniciou sua atividade profissional como agricultor até 1974.

 Depois, incorporou no exército e serviu como sargento por 14 anos. Mediante concurso, prestou serviços como chefe de Cartório Judicial no Poder Judiciário Estadual e, posteriormente trabalhou como advogado em Santo Ângelo, sua cidade natal. Brasil Sartori nasceu em 28 de agosto de 1975, é Bacharel em Direito, casado com Iara de Aguiar Sartori, com quem tem quatro filhos: Raquel Kelly (39 anos) Cris Michelle (36), Giovana Graziela (33) e Ântoni Nerone (31).

Diretoria AMM/FUNMISSÕES – 2017/2018

Presidente: Brasil Antônio Sartori (PP) – Prefeito de Entre-Ijuís
Vice-Presidente – Paulo Peixoto (PMDB) – Prefeito de Rolador
1º Secretário: Noeli Borré Ruwer (PMDB) – Prefeita de São Paulo das Missões
2º Secretário: Danierl Goski (PT) – Prefeito de Salvador das Missões
1º Tesoureiro:Jacques Barbosa (PDT) – Prefeito de Santo Ângelo
2º Tesoureiro: Puranci Barcellos dos Santos (PP) – Prefeito de Santo Antônio das Missões
Conselho Fiscal - Titulares
Vilmar Kaiser (PP) – Prefeito de Porto Xavier
Auri Brandt Kochann (PMDB) – Prefeito de Pirapó -
Aldi Minetto (PDT) – Prefeito de Vitória das Missões
Conselho Fiscal – Suplentes
Jeronimo Jakulski - (PMDB) – Prefeito de Guarani das Missões
João Carlos Scotto (PP) – Prefeito de Garruchos

Departamento de Turismo (DETUR)

Diretor: Ricardo M. Klein (PP) – Prefeito de São Nicolau
Vice-Diretor: Valter Spies (PP) – Prefeito de Cerro Largo

Presidente da Associação das primeiras-Damas da AMM

Iara de Aguiar Sartori

*site AMM

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

NOVO PRESIDENTE DA AMM SERÁ ESCOLHIDO NA SEGUNDA FEIRA.

Valdir Andres entrega presidência da AMM na próxima segunda-feira
01 de Fevereiro de 2017
Expressiva trajetória política marcou atuação de Andres no comando da AMM/Funmissões

Dirigente da Associação dos Municípios das Missões (AMM) pela segunda vez, Valdir Andres (PP), que foi prefeito de Santo Ângelo por três mandatos, deixa a presidência da entidade no dia 6 de fevereiro durante assembleia mensal da AMM/Funmissões. A reunião será realizada na sede da Associação, em Cerro Largo, a partir das 9h30min, quando será eleita a nova diretoria, inclusive a presidente da Associação das Primeiras-Damas da AMM.

Desde que assumiu o comando da AMM, em março do ano passado, conjuntamente com os demais prefeitos missioneiros, Andres tem atuado firme junto ao governo federal na luta por uma justa distribuição dos recursos do bolo tributário, onde os municípios ficam com a menor fatia (União 58%, Estados 24% e Municípios 18%). “O empenho da AMM é de que esta fatia mude, respectivamente, 45%, 25% e 30%, quase dobrando a receita para as prefeituras, pois os municípios precisam ter condições de atender com dignidade a população”, salientou Andres, que já presidiu a Federação das Associações de Municípios do RS (Famurs).

AEROPORTO REGIONAL
A conclusão das obras no aeroporto regional de Santo Ângelo também tem forte participação da AMM, especialmente nesta gestão do presidente Valdir Andres, que não mediu esforços para que os serviços de recuperação da pista fossem finalizados. “Em parceria com outras lideranças, seguimos firme trabalhando para que os voos sejam retomados o mais breve possível”, assegurou Andres ressaltando que de acordo com a Azul Linhas Aéreas, o aeroporto deve estar em pleno funcionamento até o final de março ou início de abril deste ano.

PONTE INTERNACIONAL
Também nesta gestão de Valdir Andres, a AMM permaneceu mobilizada para que fosse divulgado pelo Ministério dos Transportes o resultado do Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTA), que apontará o local da ponte entre Brasil e Argentina, cujo trabalho de prefeitos, vereadores, empresários, comunidade e outras forças missioneiras é pela construção do empreendimento em Porto Xavier/San Javier. “Até o momento, ainda estamos sem um posicionamento oficial do governo federal. Mas, com certeza, vamos continuar unidos e articulados para que sejamos contemplados com a ponte em nossa região”, garantiu o dirigente da Associação dos Municípios das Missões.

PARCERIA DA ALM
Outro reforço nas pautas da região defendidas pela AMM no decorrer de 2016 foi o apoio da Associação do Legislativo das Missões (ALM). Valdir Andres fez questão de aproximar Executivo e Legislativo para somarem forças nos pleitos missioneiros. Um destes principais momentos foi evidenciado na assembleia da AMM realizada na Famurs, em julho de 2016, quando as duas associações cobraram das autoridades estaduais e federais providências para as demandas da região das Missões.

TURISMO EM DESTAQUE
Andres, que preside a AMM e a Fundação dos Municípios das Missões (Funmissões), deu uma atenção especial às iniciativas de fomento ao turismo dos 26 municípios missioneiros, sempre com o apoio da diretora do Departamento de Turismo (Detur), Rosane Grabia e equipe, numa parceria com o setor privado e outros segmentos turísticos.

Entre as principais ações desenvolvidas destacam-se a inauguração do novo espetáculo Som e Luz, em abril, que teve a colaboração financeira da Funmissões e também na organização do evento; a marcante participação da região das Missões no Festival Internacional de Turismo (Festuris), que ocorreu em Gramado no início de novembro; a assinatura do acordo internacional de cooperação para que o conjunto de atrativos jesuíticos da América do Sul, por meio das Missões do Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Bolívia se tornem a imagem turística sul americana mundial, que foi firmada em novembro entre os cinco países, em Encarnación/Paraguai; a representação da região das Missões, em janeiro deste ano, na Feira Internacional de Turismo (Fitur/2017) em Madri/Espanha, quando foi lançado para o mercado mundial o Circuito Turístico Ruta Jesuítica da Sudamérica, e o Caminho das Missões unindo Brasil, Argentina e Paraguai.

AVANTE SEMPRE
Andres, que detém expressiva trajetória política, também é jornalista e fez questão de agradecer a valorosa parceria da imprensa missioneira na divulgação das ações da AMM e do Detur/Funmissões. “Na medida em que se propaga o trabalho da Associação, são os 26 municípios da região das Missões que ganham destaque no cenário regional, estadual, nacional e internacional. Com isso, aumentam as possibilidades de expandir a economia e as oportunidades para que o cidadão missioneiro possa progredir e permanecer na região das Missões”, incentivou.

Valdir Andres, que foi secretário de Estado e deputado estadual por três mandatos, disse ainda que cada um dos prefeitos que preside a AMM exerce papel fundamental frente à entidade. “À sua maneira, todos os gestores missioneiros têm um objetivo comum: manter o espírito de união, de perseverança e de otimismo”, concluiu.

Por Karin Schmidt
Fonte: Assessoria de Imprensa

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

REGIÃO DAS MISSÕES SEDIOU ABERTURA OFICIAL DA COLHEIRA DO MILHO NO RS.

Região das Missões sediou abertura oficial da Colheita do Milho no RS
30 de Janeiro de 2017
Na região missioneira são 10.969 produtores do grão, que totalizam 84.666 hectares

São Nicolau, uma das 26 cidades que integram a Associação dos Municípios das Missões (AMM), sediou a 6ª abertura oficial da tradicional Colheita do Milho no RS, na manhã de sábado (28). O evento foi realizado na Fazenda da Lagoa, propriedade de Valdinei Donato. No local, a produtividade passa de 200 sacas por hectare e todos os 700 hectares cultivados são irrigados.

Atualmente, a saca paga ao produtor está abaixo de 30 reais, enquanto que em agosto do ano passado o valor era de 40 reais, registrados quando a cultura foi semeada. De acordo com o secretário estadual de Agricultura, a busca por uma linha de crédito voltada à agroindústria já está sendo discutida em Brasília. “Com recursos, agroindústrias poderão segurar o milho no Estado sem precisarem buscar o grão fora do RS”, explicou Ernani Polo.

Segundo Ademir Renato Nedel, gerente da Emater regional, na região das Missões tem 10.969 produtores de milho, que totalizam 84.666 hectares. Dirigente da AMM, Valdir Andres destacou “que a abertura da colheita do milho na região é o coroamento do trabalho dos produtores missioneiros”.

O governador RS, José Ivo Sartori, o secretário estadual de Agricultura, Ernani Polo, representantes do agronegócio, prefeitos e vices da AMM, agricultores, entre outras autoridades locais, regionais, estaduais e federais participaram da solenidade.

Fotos vinculadas
Por Karin Schmidt
Fonte: Assessoria de Imprensa- site AMM

domingo, 29 de janeiro de 2017

MOBILIZADA AMM COMEMORA OBRAS VIÁRIAS NA REGIÃO.

Mobilização da AMM foi fundamental para a concretização de obras viárias na região
29 de Janeiro de 2017
Mobilização da AMM foi fundamental para a concretização de obras viárias na região
Inauguração ERS 561-Dezesseis de Novembro

Inauguradas a ERS 168 e ERS 561 com a presença do governador do RS

A união dos 26 chefes do Executivo missioneiro, o apoio das comunidades e a força política da Associação dos Municípios das Missões (AMM) junto às esferas federal e estadual, tem sido de grande importância para a viabilização das reivindicações da região, especialmente na área de infrestrutura.

Entre os dias 27 e 28 deste mês foram inauguradas pelo secretário estadual de Transportes, Pedro Westphalen e pelo governador do RS, José Ivo Sartori, as obras na ERS 168 (trecho de 36 quilômetros), que liga os municípios de Bossoroca e São Luiz Gonzaga e na ERS 561 (trecho de 28,76 quilômetros) em Dezesseis de Novembro. Prefeitos, vice-prefeitos, secretários municipais, vereadores, empresários, comerciantes, imprensa e comunidade regional, além de deputados federais e estaduais, secretários de Estado, entre outras lideranças, participaram dos atos de inauguração.
Presidente da AMM/Funmissões, Valdir Andres salientou que o progresso da região passa, invariavelmente, pelo aprimoramento da malha viária. 

“O governador Sartori e o secretário Westphalen efetivaram importantes obras para a região. É uma satisfação receber o governador e equipe, inclusive para reiterarmos o quanto precisamos destas e de outras obras na região das Missões para impulsionar a economia e o turismo dos 26 municípios da AMM”, ressaltou Andres, acrescentando que as boas condições das estradas são essenciais também para o escoamento da produção e para garantir mais segurança a quem transita diariamente pelas rodovias.

Prefeitos da região das Missões aproveitaram a presença do governador do Estado na regi
ão para entregar documentos, com pedidos de apoio às demandas de seus municípios.
Fotos vinculadas
Por Karin Schmidt
Fonte: Assessoria de Imprensa-site AMM

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

AMM ESTEVE REPRESENTADA EM MADRID.

Região das Missões esteve representada na Fitur em Madrid
23 de Janeiro de 2017
Região das Missões esteve representada na Fitur em Madrid
Comitiva missioneira com o ministro do Turismo do Brasil; presidente da Embratur; ministra de Turismo do Paraguai; diretor estadual de Turismo da Setel/RS; entre outras autoridades nacionais e internacionais
Lançado para o mercado mundial o Circuito Turístico Ruta Jesuítica da Sudamérica integrado pelo Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai

Representantes a região das Missões, por meio da Associação dos Municípios das Missões (AMM) e Fundação dos Municípios das Missões (Funmissões), estiveram presentes na Feira Internacional de Turismo (Fitur/2017), que ocorreu entre os dias 18 a 22 deste mês, em Madrid/Espanha.
No evento foi lançado para o mercado mundial o Circuito Turístico Ruta Jesuítica da Sudamérica, que envolve Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai; o Caminho da Missões (percurso de 28 dias) unindo Brasil, Argentina e Paraguai; além da distribuição de materiais de divulgação da região das Missões, no estande do governo brasileiro.

Experiência espanhola
Conforme explicou a diretora do Detur/Funmissões, Rosane Grabia, que liderou a comitiva missioneira também formada por Junaro Figueiredo e José Roberto de Oliveira, a participação da região foi de grande importância. “Recebemos inúmeros profissionais, autoridades e visitantes querendo saber mais sobre este roteiro integrado, que foi a única experiência espanhola em terras brasileiras, fato que chamou bastante atenção da imprensa internacional”, avaliou Grabia.

Tratativas
Entre as principais ações estabelecidas no encontro destacam-se: acordo firmado entre os governos dos quatro países de que irão ao Vaticano, com data ainda a ser definida, pedir a bênção do papa Francisco ao Circuito Internacional Ruta Jesuítica da Sudamérica, cujo roteiro é baseado no percurso feito pelos padres jesuítas na América do Sul, e todo o trajeto poderá ser percorrido em aproximadamente um mês; o anúncio oficial do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) de que vai disponibilizar 100 milhões de dólares para ações e investimentos nas Missões Internacionais; o plano de promoção conjunta (Brasil e Argentina) para viabilizar o livre trânsito de turistas de outras nacionalidades.

Turismo unificado
A comitiva da região das Missões que esteve na Fitur/2017, em Madrid/Espanha, vem acompanhando e atuando em todas as etapas para a concretização do projeto de integração do turismo missioneiro, inclusive participando de reuniões internacionais realizadas ao longo de 2016 no Brasil, Argentina e Paraguai. De igual forma, também o presidente da AMM/Funmissões, Valdir Andres, conjuntamente com outros prefeitos, vices, vereadores, representantes do setor a iniciativa privado e demais lideranças missioneiras, têm trabalhado em iniciativas indutoras do fortalecimento do turismo dos 26 municípios que congregam a AMM.

O ministro do Turismo do Brasil, Marx Beltrão, o presidente da Embratur, Vinícius Lummertz, o diretor estadual Turismo do RS, Abdon Barreto Filho, entre outras autoridades nacionais e internacionais participaram da Fitur/2017.

Por Karin Schmidt
Fonte: Assessoria de Imprensa- site AMM

sábado, 14 de janeiro de 2017

UFFS ABRE VAGA PARA 4 PROFESSORES SUBSTITUTOS.

Inicia, nesta segunda-feira (16), o período para as inscrições no Processo Seletivo Simplificado para contratação de professores substitutos para atuar na UFFS – Campus Cerro Largo. São oferecidas 4 vagas divididas nas seguintes áreas de conhecimento: Língua Espanhola e Linguística (1 vaga), para trabalhar no regime de 40 horas semanais. O candidato deve ter graduação em Letras – Espanhol (licenciatura); Sociologia e Ciência Política (1 vaga), para o regime de trabalho de 40 horas. A graduação deve ser em Sociologia ou área afim; Libras (1 vaga), para o regime de 20 horas, cujo candidato deve ter graduação em Pedagogia (licenciatura); e Ciências Biológicas – Botânica e Biologia Vegetal (1 vaga), para trabalhar 40 horas semanais. A graduação deverá ser na área de Biologia.
A inscrição deve ser feita no Campus Cerro Largo, na Assessoria de Gestão de Pessoas localizada na Unidade Seminário (rua Major Antônio Cardoso, 590, bairro Centro, sala 1-2-15), de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h.
Os candidatos passarão por uma prova de títulos, por meio da entrega do Currículo documentado, e prova didática, que consistirá em uma aula de, no mínimo 30, e no máximo 40 minutos, e tem a finalidade de verificar os conhecimentos e a capacidade didática do docente.
Todas as informações necessárias para participar do processo estão no Edital 016/UFFS/2017, que pode ser acessado AQUI.
Informações adicionais podem ser requerida pelo e-mail: agp.cl@uffs.edu.br ou pelo telefone: 55 3359 395

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

REVISTA MISSÕES -NOTA DA AMM

NOTA DA AMM – REVISTA MISSÕES
05 de Janeiro de 2017
A revista “Missões uma jornada pela história da América Latina e do povo gaúcho”, produzida em três idiomas (português, inglês e espanhol) foi elaborada em setembro de 2015, na gestão do então presidente da AMM/Funmissões, Angelo Fabiam Duarte Thomas (PDT). O objetivo deste material foi o de contemplar os 26 municípios missioneiros (em ordem alfabética) com algumas fotos e um breve histórico, incluindo o site de todas as prefeituras e também da AMM para mais informações.

O mapa que consta no interior da revista, que não foi confeccionado pela AMM, é utilizado em vários materiais de divulgação da região das Missões, por ser ilustrativo, destacando com figuras alguns atrativos históricos como os sítios arqueológicos de São Lourenço Mártir, São Nicolau, São João Batista e São Miguel Arcanjo, entre outros, mesmo não aparecendo o nome de todos os municípios da região.
Na época em que a revista foi confeccionada, não houve tempo hábil para elaboração de um mapa completo da região das Missões, em razão de vários eventos que estavam ocorrendo. A preocupação maior da AMM/Funmissões foi a de levar um material divulgando as potencialidades dos 26 municípios missioneiros, exaltando em textos e fotos, parte da rica e valorosa história da região das Missões e de sua gente.

A revista “Missões uma jornada pela história da América Latina e do Povo Gaúcho”, foi impressa de uma única vez para diminuir os custos e não será reeditada. O que está sendo providenciado pela atual diretoria da AMM/Funmissões, é um folder em que constará o mapa completo da região das missões, este sim, produzido pela AMM/Funmissões. E, quando forem impressos outros exemplares da revista, o mapa regional estará devidamente atualizado.

Recentemente, foi produzido pela AMM/Funmissões, de forma bem simples, um vídeo institucional (Missões – Uma viagem de encantos e descobertas), também em ordem alfabética por cidade, com fotos dos 26 municípios e com o mapa completo da região das Missões.

A Associação dos Municípios das Missões (AMM), que em maio deste ano completará 50 anos de fundação, tem como missão trabalhar de forma unificada com os 26 municípios em defesa da pauta de reivindicações da região das Missões.

A união dos prefeitos é a força política da AMM, sempre atuando em benefício da viabilização de ações que propiciem melhoria de vida à população, de forma que o cidadão missioneiro possa permanecer e progredir em nossa região. Por isso, a AMM/Funmissões vem atuando com seriedade e empenho em iniciativas que vão ao encontro do desenvolvimento da região missioneira, entre as quais está a expansão do turismo, que gera emprego e renda.

A AMM/Funmissões está ao dispor e aberta para sugestões que visem o crescimento da região em todos os segmentos, inclusive turístico. A produção em três idiomas da revista “Missões – Uma jornada pela história da América Latina e do Povo Gaúcho” é um destes exemplos, porque entendemos que ser missioneiro é ser forte, desbravador e empreendedor. SER MISSIONEIRO É UM ESTADO DE ALMA!
VALDIR ANDRES
Presidente da AMM/Funmissões

Por Karin Schmidt
Fonte: Assessoria de Imprensa -site AMM

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

AMM BUSCA APOIO PARA DIVULGAR NO MUNDO DESTINO MISSÕES

AMM busca apoio do MTur e Embratur para divulgação mundial do Destino Missões

09 de Dezembro de 2016
AMM busca apoio do MTur e Embratur para divulgação mundial do Destino Missões
(esquerda) Presidente da Embratur, Viinicius Lummertz; Mário Nascimento; Ministro do Turismo, Marx Beltrão; Prefeito Junaro Figueiredo e Michel Bueno

Em Brasília, comitiva missioneira atua para inserir a região no estande brasileiro da FITUR, em Madrid

Dando seguimento às tratativas para viabilização da participação da região das Missões na Feira Internacional de Turismo (FITUR) em Madrid/Espanha, que acontecerá entre os dias 18 a 22 de janeiro de 2017, uma comitiva missioneira esteve em Brasília nos dias 7 e 8 deste mês. O objetivo foi de buscar apoio do ministro do Turismo (MTur), Marx Beltrão e do presidente da Embratur, Vinicius Lummertz, quanto a um espaço no estande do governo brasileiro na FITUR para o lançamento mundial do Circuito das Missões Jesuíticas, e principalmente a divulgação promocional do Destino Missões/Brasil.

Na Feira Internacional de Turismo em Madrid, cada país terá estande próprio. Este é um dos acertos, conforme acordo internacional de cooperação para que o conjunto de atrativos jesuíticos da América do Sul, por meio das Missões do Brasil (Região das Missões), Argentina, Paraguai, Uruguai e Bolívia, se tornem a IMAGEM TURÍSTICA SUL AMERICANA MUNDIAL, firmado entre os cinco países no dia 9 de novembro passado, em Encarnación/Paraguai.

Devido a impossibilidade de comparecimento do presidente da entidade, Valdir Andres, por motivos de saúde da família, representaram a região missioneira o coordenador técnico da CNM e da Famurs, Mário Ribas do Nascimento, o prefeito de São Luiz Gonzaga, Junaro Rambo Figueredo, o secretário geral da Prefeitura Municipal de Santo Ângelo, Michel Bueno e a assessora de imprensa da AMM/Funmissões, Karin Schmidt.

Na reunião do Conselho Nacional do Turismo, realizada no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, na quarta-feira (7), Mário Nascimento, que também é presidente da organização das Cidades Brasileiras Patrimônio Mundial, explanou sobre a questão ao ministro do Turismo e ao presidente da Embratur. Ao final do evento, Vinícius Lummertz solicitou documento oficial da AMM/Funmissões, que na quinta-feira (8) foi entregue pessoalmente em seu gabinete para o assessor da presidência, Marcelo Costa, pela assessora de imprensa da Associação, Karin Schmidt.

Em entrevista à AMM, o dirigente da Embratur sinalizou positivamente a viabilidade do pleito. “Uma vez feitas as inscrições, daremos prioridade pelo significado do potencial de turismo internacional, considerando que a Espanha é um dos países matrizes do movimento jesuítico. Nosso legado cultural será divulgado para o mundo todo, que estará representado em Madrid”, destacou Lummertz.

O ministro do Turismo e o presidente da Embratur foram presenteados com uma cuia que leva a marca "Orgulho de ser Missioneiro", e com a cruz missioneira em miniatura, que fizeram questão de usar logo que a receberam no início do evento.

O presidente da AMM/Funmissões e prefeito de Santo Ângelo, Valdir Andres, conjuntamente com a diretora do Detur/Funmissões e prefeita de Sete de Setembro, Rosane Grabia, estarão reunidos na próxima semana para definir os ajustes sobre a possível participação da região das Missões na Feira Internacional de Turismo (FITUR/2016), em Madrid/Espanha.

Site AMM

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

REGIÃO DAS MISSÕES VAI SEDIAR EVENTO INTERNACIONAL.

Região das Missões vai sediar evento internacional na próxima semana
02 de Dezembro de 2016
Seminário Internacional sobre Gestão de Paisagens, Parques Históricos e Culturais será realziado entre os dias de 5 a 9 de dezembro

Dono de uma paisagem cultural de altos valores patrimoniais e ambientais, o território das Missões Jesuíticas dos Guarani, no Brasil, foi escolhido para sediar o primeiro Seminário Internacional de Boas Práticas em Gestão de Paisagens, Parques Históricos e Culturais, entre os dias 5 e 9 de dezembro, na Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI) - Campus Santo Ângelo.

O evento reunirá gestores de sítios reconhecidos mundialmente para aprofundar as discussões e o conhecimento sobre boas práticas na gestão territorial de paisagens, parques históricos e culturais, contará na abertura com a presença da presidente do Iphan, Kátia Bogéa.

APOIO DA AMM/FUNMISSÕES
Promovido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em parceria com o Instituto Andaluz do Patrimônio Histórico (IAPH), Universidade Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), com o apoio da Associação dos Municípios das Missões (AMM) e Fundação dos Municípios das Missões (Funmissões), o seminário tem vagas limitadas e busca debater, apresentar e possibilitar a troca de experiências de casos de boas práticas na gestão do Patrimônio Cultural, e nas políticas públicas relacionadas ao tratamento da paisagem cultural, de parques históricos e culturais que, dentro de uma perspectiva territorial, contribuam para a consolidação do Parque Histórico Nacional das Missões.

PÚBLICO ALVO
O seminário tem como público alvo gestores de Parques Históricos e Culturais e sítios protegidos pelo Iphan – declarados tanto como Patrimônio Nacional e Mundial e integrantes da lista indicativa brasileira –, agentes públicos envolvidos com a preservação patrimonial, representantes da sociedade civil com interface de atuação na área de abrangência territorial da Região das Missões, profissionais da área de patrimônio cultural e ambiental, acadêmicos envolvidos com a temática do patrimônio cultural e ambiental e estudantes universitários.

PROGRAMAÇÃO
A programação prevê a realização de visitas aos sítios arqueológicos de São João Batista, São Lourenço Mártir e São Miguel Arcanjo, além de palestras, conferências, e estudos de casos. Entre os temas abordados estarão os modelos para a proteção e gestão da Paisagem Cultural na Europa e no âmbito anglo-saxão; a experiência espanhola; gestão integrada dos sítios e paisagens culturais em Portugal (Parque Arqueológico do Vale do Côa), no Reino Unido (English Heritage Trust) e nos Estados Unidos da América (National Park Service); além da Colômbia com a Paisagem Cultural Cafetero; México com a Paisagem agavera e as antigas instalações industriais de tequila; Peru com a Cidade Sagrada de Caral-Supe; e a gestão da Paisagem Cultural no Brasil e dos Parques Históricos Nacionais.

PALESTRANTES
Entre os palestrantes do seminário estarão representantes do Iphan, IAPH, Getty Conservation Institute, Fundação Côa Parque, English Heritage Trust, National Park Service, Ministério da Cultura da Colômbia, Instituto Nacional de Antropologia e História do México, Parque Natural e Entorno de Doñana, da Espanha, Ministério da Cultura do Perú, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), e da Coordenação Nacional do Projeto de Valorização da Paisagem Cultural e do Parque Histórico Nacional das Missões (Projeto Iphan/ABC/UNESCO).

PARQUE HISTÓRICO NACIONAL DAS MISSÕES
O Iphan atua na preservação do Patrimônio Cultural das Missões Jesuíticas Guarani, no Rio Grande do Sul, desde 1937 – ano de sua criação – com o tombamento federal das estruturas remanescentes da redução jesuítica-guarani de São Miguel Arcanjo, declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO em 1983.
Ao longo dos anos, outros remanescentes integrantes dos povoados reducionais da república jesuítica do Paraguai, situados em território brasileiro – chamados Sete Povos das Missões – foram reconhecidos como Patrimônio Cultural Nacional. Assim, quatro sítios arqueológicos encontram-se tombados e são administrados diretamente pelo Iphan: São Miguel Arcanjo, São João Batista, São Lourenço Mártir e São Nicolau.

PATRIMÔNIO CULTURAL E AMBIENTAL
Com o intuito de promover a gestão territorial de forma integrada entre patrimônio cultural e ambiental, reposicionando os bens patrimoniais como ativos socioculturais e econômicos, envolvendo os distintos atores locais e compartilhando responsabilidades, o Iphan propôs em 2009 a criação do Parque Histórico Nacional das Missões (PHNM). A figura de gestão de “Parque Histórico Nacional” necessita ser aprofundada, assim como a abordagem territorial incluindo o conceito de Paisagem Cultural. Neste sentido, o projeto de consolidação do PHNM se propõe como piloto ao Iphan, de modo a permitir orientar uma política nacional nessa matéria.

SÍTIOS MISSIONEIROS
O Parque Histórico Nacional das Missões foi criado em 2009, por meio do Decreto nº 6.844, reunindo os sítios arqueológicos missioneiros de São Miguel Arcanjo (localizado no município de São Miguel das Missões), de São Lourenço Mártir (em São Luiz Gonzaga), de São Nicolau (em São Nicolau), e o de São João Batista (em Entre-Ijuís).

O Sítio Histórico de São Miguel Arcanjo ou São Miguel - Tombado como Patrimônio Nacional, em 1938, e declarado Patrimônio Cultural Mundial, pela Unesco, em 1983, era um dos povoados que pertenciam as reduções jesuíticas-guarani, que formava com seis outras, os chamados Sete Povos das Missões que, hoje, localizam-se em território brasileiro.

As reduções eram povoados implantados em território originalmente ocupado por indígenas durante o processo de evangelização promovido pela Companhia de Jesus nas colônias da coroa espanhola na América, durante os séculos XVII e XVIII, representam importante testemunho da ocupação sistematizada do território, e das relações culturais que se estabeleceram entre os povos nativos, na maioria do grupo étnico Guarani, e missionários jesuítas europeus. A “Província Jesuítica do Paraguai”, que compreendia um sistema de relações espaciais, econômicas, sociais e culturais singulares, conformada à época por 30 povoados, chamados de reduções, o qual incluía ainda estâncias, ervais, redes de caminhos e vias fluviais estendidas pela bacia do Rio Uruguai e de seus afluentes, abrangia uma extensa área da América Meridional, correspondente, nos dias atuais, a regiões do Paraguai, Argentina, Uruguai e Brasil.
Informações: http://portal.iphan.gov.br ou projeto.missoes@iphan.gov.br/ 55-3381 1221
site: AMM