terça-feira, 29 de julho de 2014

MESTRADO EM MATEMÁTICA NA UFFS.

Inscrições para Mestrado Profissional em Matemática iniciam dia 1º de agosto-Site UFFS

14318675403_c2e7f9f278_bA Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) será, a partir de 2015, um dos polos do programa de pós-graduação strico sensu Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (PROFMAT). Ofertado no formato semipresencial, o PROFMAT utiliza tecnologias para aulas à distância. O Polo do PROFMAT na UFFS vai funcionar no Campus Chapecó e neste primeiro processo seletivo oferece 15 vagas, com previsão de bolsas da Capes.

 Inscrições

As inscrições podem ser feitas de 1º de agosto a 5 de setembro, no endereço http://www.profmat-sbm.org.br/, apontando a UFFS na lista de Instituições Associadas. O exame de seleção está marcado para o dia 1º de novembro, com início às 13h, no Campus Chapecó (sala a ser definida).
Poderão participar do processo seletivo portadores de diploma de curso superior reconhecido pelo MEC ou estudante de curso superior cujo diploma venha a ser emitido, no máximo, até a data de início das matrículas. O curso é gratuito, com aulas nas sextas-feiras à noite e sábados pela manhã.
Com a adesão da UFFS ao PROFMAT, este é o terceiro Programa de Pós-graduação Stricto Sensu ofertado no Campus Chapecó. Conforme Nilce Fatima Scheffer, docente coordenadora do Programa, “a partir de agora a UFFS torna-se mais um Polo, oferecendo a oportunidade de mestrado para docentes de Matemática nesta região do Brasil, possibilitando a formação continuada para profissionais que estão no exercício do magistério”.
Sobre o curso, Nilce informa que serão apresentadas possibilidades de retomada de conceitos, introdução na pesquisa da prática pedagógica do profissional e atualização permanente. “O objetivo do curso é proporcionar formação matemática aprofundada relevante ao exercício da docência no Ensino Básico, visando dar ao egresso qualificação certificada para o exercício da profissão de professor de Matemática”.

segunda-feira, 28 de julho de 2014

NOVAS PESQUISAS NO PARQUE HISTÓRICO DAS MISSÕES.

IPHAN vai iniciar novas pesquisas arqueológicas no Parque Histórico das Missões
28 de Julho de 2014
 
Lançamento será em agosto no município de São Miguel das Missões e contará com representantes do Instituto, governo do Estado, Ministérios da Cultura, das Relações Exteriores e Unesco
No próximo dia 18 de agosto, em São Miguel das Missões, será lançado oficialmente um projeto de cooperação técnica entre o governo brasileiro e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). No valor de 3 milhões e 763 mil reais, e com duração de 3 anos, o objetivo é o desenvolvimento de novas pesquisas arqueológicas no Parque Histórico Nacional das Missões. No encontro, que vai acontecer no Tenondé Park Hotel, também será instalada a Coordenação Nacional do Projeto; debatidas as priorizações das ações a serem executadas, e iniciado o trabalho da Unesco de orientação aos profissionais que vão atuar no Programa de Apoio à Projetos Institucionais com a participação de recém-doutores (Prodoc).
Pelo programa do IPHAN, além do lançamento, estão previstas reuniões técnicas até o dia 22 de agosto e visitas aos quatro sítios arqueológicos que compõem o Parque Histórico Nacional das Missões, criado em 7 de maio de 2009 por meio do decreto nº 6.843. O Parque é constituído pelas áreas dos sítios arqueológicos missioneiros de São Miguel Arcanjo, localizado em São Miguel das Missões; de São Lourenço Mártir, no município de São Luiz Gonzaga; de São Nicolau; e o sítio de São João Batista, situado em Entre-Ijuís.

Lançamento oficial do Projeto
Denominado Valorização da Paisagem Cultural e do Parque Histórico Nacional das Missões Jesuíticas dos Guaranis, o projeto será lançado oficialmente no dia 18 de agosto, às 19 horas, pela presidente do IPHAN, Jurema Machado em uma cerimônia que contará com a presença de autoridades nacionais, estaduais, prefeitos dos 26 municípios que integram a Associação dos Municípios das Missões (AMM), do Detur/Funmissões, do Instituto Andaluz de Patrimônio Histórico, do Instituto Iguassu Misiones e da Associação dos Amigos das Missões e Universidade Regional Integrada/Campus Santo Ângelo. A apresentação geral ficará a cargo do assessor de Relações Internacionais da presidência do IPHAN, Marcelo Brito e do superintendente do Instituto no Rio Grande do Sul, Eduardo Hahn.
Os detalhes foram acertados no dia 22 de julho, entre técnicos do Instituto e representantes missioneiros durante reunião que ocorreu na sede estadual da entidade, em Porto Alegre. De Brasília, participou, por meio de videoconferência, o assessor de Relações Internacionais do IPHAN, Marcelo Brito. Representando a diretoria do Departamento de Turismo (Detur/Funmissões), estiveram presentes as secretárias de Turismo de São Luiz Gonzaga, Sandra Ferreira, de São Nicolau, Ana Paula Alvarenga, de São Miguel das Missões, Izabel Ribas e o presidente do Instituto Iguassu Misiones, Marconi Flach. Participaram também o superintendente estadual do Instituto, Eduardo Hahn, a arquiteta Ana Luisa Seixas e a chefe do escritório do IPHAN nas Missões, Adriana Almeida. No encontro, os integrantes missioneiros fizeram uma explanação sobre a representatividade do Iguassu Misiones; os atrativos turísticos que compreendem a Rota Missões; ações em andamento para fomentar o setor, como a revitalização do espetáculo Som e Luz que recebe em média 50 mil turistas/ano.
A diretora do Departamento de Turismo e prefeita de Sete de Setembro, Rosane Grabia, animada com a notícia do início de novas etapas de pesquisas arqueológicas no Parque evidenciou a importância do fato para a expansão do turismo nos 26 municípios que compreendem a AMM. “Este projeto do IPHAN, com certeza, vai valorizar ainda mais a região como uma rota turística obrigatória tanto para o turismo religioso quanto para as visitações com as novas descobertas arqueológicas que poderão ser reveladas nestes três anos de trabalho da equipe técnica. Além disso, sempre é bom lembrar que as Ruínas de São Miguel são o único Patrimônio da Humanidade localizado no sul do país”, acrescentou a prefeita setembrense, explicando que logo a comunidade missioneira vai começar a perceber os resultados positivos de todo o esforço em equipe, que está sendo feito para ampliar as ofertas aos turistas que chegam na região.

A cultura gaúcha começa nas Missões
Na avaliação da turismóloga e diretora do setor de Turismo de São Luiz Gonzaga, Sandra Ferreira, as novas pesquisas que serão realizadas por equipes designadas pelo IPHAN também permitirão mais informação para a população. “Com maior conhecimento sobre os fatos que aconteceram no período missional poderemos criar novas ações dentro do turismo”, salientou Sandra Ferreira destacando que a cultura gaúcha começa nas Missões. “Aqui temos o principal produto cultural e religioso do Estado, e, mesmo assim, não há investimentos do governo estadual num destino que é o primeiro da história cultural do Rio Grande do Sul”, lamentou, evidenciando que a base da cultura gaúcha está nas Missões. Outro grande diferencial turístico missioneiro que será melhor explorado é a diversidade cultural, pois a região foi colonizada por diferentes etnias como polonesa, alemã, italiana que ainda conservam vivas suas tradições e costumes.

Reconhecimento do turismo missioneiro
Para a secretária de Turismo, Desenvolvimento e Cultura de São Miguel das Missões, Izabel Cristina Ribas a região, pelo trabalho conjunto que vem sendo desenvolvido, está caminhando firme para uma renovação de propostas de modernização e ampliação do setor. “Todos os projetos que estão sendo consolidados mostram que, cada vez mais, precisamos atuar unidos. Somente desta forma conseguiremos avançar na nossa capacidade de receber turistas e promover o turismo missioneiro”, ressaltou a secretária.

Izabel Ribas disse ainda que o Departamento de Turismo está realizando um importante trabalho na busca de novas iniciativas para atrair mais turistas. “Esta oportunidade que o IPHAN nos oferece com os trabalhos de pesquisa no Parque Histórico, vem ao encontro do grande sonho de todos nós, que é promover, em conjunto, a região das Missões”, ressaltou, com entusiasmo, a secretária de Turismo de São Miguel.
Comprometimento da região
A secretária de Turismo de São Nicolau, Ana Paula Alvarenga disse que outros projetos estão sendo negociados para divulgar, ainda mais, as potencialidades turísticas da região. Estão sendo trabalhadas questões como melhor sinalização para os turistas; elaboração de folder regional, um site funcional; eventos; marketing e divulgação.
E para fortalecer ainda mais o turismo não pode faltar mobilização por uma melhor infraestrutura logística. Entre elas estão a revitalização do aeroporto de Santo Ângelo e a construção da ponte internacional Porto Xavier/San Javier. “Todas estas ações vêm sendo reivindicadas há anos, mas, atualmente, temos um grupo comprometido, unido e vivemos um momento de oxigenação no turismo. Detur, prefeitos da AMM, empresários, entidades de diversos segmentos, comunidades, toda a região está envolvida nesta luta”, garantiu Ana Paula.

Importância de um Parque Histórico Nacional
Considerado patrimônio da comunidade, Parque Nacional Histórico é uma das categorias de unidades de conservação de áreas protegidas existentes no Brasil. Tem como objetivo proteger os recursos naturais e culturais de uma área, preservando desde a fauna, flora até os sítios arqueológicos. São permitidas visitação pública, lazer, pesquisa e educação ambiental nestes locais. De acordo com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o projeto tem como missão: 1) viabilizar um maior conhecimento da paisagem cultural das Missões Jesuíticas Guarani; 2) fornecer subsídios para o desenvolvimento dos instrumentos de gestão que auxiliem o Parque Histórico Nacional das Missões; 3) buscar, sobretudo, preconizar seu valor como Patrimônio Nacional e da Humanidade, por meio da promoção de sua diversidade sociocultural e ambiental, assim como de seu potencial como ferramenta indutora do desenvolvimento regional.

Valorização das paisagens culturais
O IPHAN, que liberou os recursos e será o executor do projeto, enfatiza ainda que o trabalho é fundamental para novas descobertas, pois o território das Missões Jesuíticas dos Guaranis no Brasil possui uma paisagem cultural de altos valores patrimoniais e ambientais, abrangendo 26 municípios. Diz a proposta que as transformações ocorridas nesses sítios missioneiros, ao longo de mais de dois séculos, apresentam nos dias atuais situações distintas que podem ser caracterizadas desde aquelas onde se encontram estruturas expressivas, vestígios arqueológicos dispersos, até sítios sobre os quais se desenvolveram novas cidades.

 
Site AMM
Por Karin Schmidt
Fonte: Assessoria de imprensa

domingo, 27 de julho de 2014

FESTA DE SÃO CRISTÓVÃO É HOJE.

Neste domingo de sol acontece a 
Procissão de São Cristóvão em comemoração
ao Dia do Motorista.
O Desfile segue do centro da cidade rumo ao
Bairro Brasilia onde acontece a Missa, Benção
aos caminhoneiros e a grande Festa da 
Capela São Cristóvão com muito churrasco,cuca
e cerveja gelada durante todo este dia 27 de julho.

sábado, 26 de julho de 2014

BM CLINICA VETERINÁRIA.

BW  do Dr.Bernardo
Rua Helmuth Smidt-em frente a Casart Móveis .



sexta-feira, 25 de julho de 2014

LANÇAMENTO OFICIAL DA 20ª.OKTOBERFEST MISSÕES.

Logo mais à noite na Sede do Grupo Folclórico Heimatland 
a ACI -Associação Comercial e Industrial de Cerro Largo 
estará oficialmente lançando a 20ª. Oktoberfest Missões
 durante jantar de Confraternização que
terá presença dos patrocinadores,autoridades e convidados,
e que marcam também a comemoração dos 57 anos da
ACI completados ontem dia 25 de julho.

25 DE JULHO DIA DO COLONO E DO MOTORISTA.

PARABÉNS 
PARA TODOS OS COLONOS
 E MOTORISTAS
QUE FAZEM O PROGRESSO
DE CERRO LARGO,
RIO GRANDE DO SUL E
DO BRASIL.

PARABÉNS TAMBÉM A 
ACI,
RÁDIO CERRO AZUL,
MUSEU 25 DE JULHO
QUE HOJE TAMBÉM
COMPLETAM ANOS DE EXISTÊNCIA.

quarta-feira, 23 de julho de 2014

MEC AUTORIZA NOVOS CURSOS DE MEDICINA.

Santa Maria e Passo Fundo terão novos cursos de Medicina

Ministério da Educação autorizou o funcionamento de seis cursos em insitituições particulares

O Minstério da Educação autorizou o funcionamento de seis cursos de medicina em instituições particulares. No Rio Grande do Su, um curso será criado em Santa Maria, no Centro Universitário Franciscano (Unifra) e o outro na Faculdade Meridional, em Passo Fundo. Na Unifra, serão oferecidas 80 vagas por ano, conforme o projeto pedagógico e de infraestrutura elaborado pela instituição. Para o próximo Vestibular de Verão, que será realizado no dia 2 de dezembro, serão ofertadas 40 vagas, outras 40 no Vestibular de Inverno de 2015 .Em Passo Fundo serão 42 vagas disponíveis para os estudantes interessados em cursar Medicina.

Além destas duas, o Centro Universitário Uniseb, em Ribeirão Preto, o  Centro Universitário de João Pessoa, a Faculdade das Américas, em São Paulo e a Faculdade Integrada Tiradentes, em Maceió, também terão seus cursos de medicina. Cada uma das faculdades irá oferecer cem vagas.

O governo busca a expansão das vagas nos cursos de medicina para alcançar a meta do Programa Mais Médicos que prevê abrir 11.447 vagas em cursos de medicina até 2017 — 3.615 em universidades federais e 7.832 em instituições particulares.

No começo do ano, o ministério autorizou 1,3 mil vagas em instituições públicas e privadas; em maio, foram 420 vagas em universidades federais. No mês passado, foram autorizadas 120 vagas em dois cursos de medicina em instituições privadas. A portaria que autoriza os cursos foi publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial da União.


www.CorreiodoPovo.com

UFFS PASSO FUNDO ABRE 6 VAGAS EM MEDICINA.

UFFS publica edital de transferência externa com seis vagas para Medicina

volta_s_aulasDe 30 de julho a 6 de agosto estarão abertas as inscrições para o Processo Seletivo de Transferência Externa para o curso de Medicina do Campus Passo Fundo, conforme Edital nº 427/UFFS/2014. São oferecidas seis vagas para estudantes regularmente matriculados em outra instituição de ensino superior para prosseguimento de seus estudos na UFFS.

Poderão concorrer às vagas os candidatos que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas e/ou particulares, em cursos regulares ou no âmbito da modalidade de Educação de Jovens e Adultos; ou tenham obtido certificado de conclusão com base no resultado do Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM, do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos - ENCCEJA ou de exames de certificação de competência ou de avaliação de jovens e adultos realizados pelos sistemas estaduais de ensino.
Para realizar a inscrição o candidato deverá dirigir-se ao Campus Passo Fundo e apresentar os seguintes documentos:
-Cédula de identidade (RG) e CPF;
-Histórico Escolar de Graduação;
-Comprovante de regularidade de matrícula (situação ativa ou trancada);
-Comprovante de que o curso é autorizado ou reconhecido pelo Ministério da Educação – MEC; -Histórico Escolar do Ensino Médio e Certificado de Conclusão do Ensino Médio ou equivalente; -Comprovante da situação do estudante no ENADE (menção no histórico escolar de graduação ou declaração complementar emitida pela IES de origem);
-Relatório de Resultados no ENEM, a ser gerado pelo candidato.
O Campus Passo Fundo está localizado na RST 153, Km 3, s/n, Bairro Nossa Senhora Aparecida (anexo ao Seminário Nossa Senhora Aparecida). Outras informações podem ser obtidas na Secretaria Acadêmica, de segunda a sexta-feira, das 8h15min às 12h e das 13h às 17h15min e pelos telefones (54) 3321-7056 e (49) 2049-1590.
 

terça-feira, 22 de julho de 2014

ASFALTO NO ACESSO DO NOVO CAMPUS DA UFFS.

O sofrimento dos estudantes e funcionários da UFFS está
prestes a chegar ao fim. Enquanto isso.........
    Novas empresas vão surgindo junto com  ao acesso asfaltico     
 ao  novo Campus da UFFS aqui em Cerro Largo-RS.

segunda-feira, 21 de julho de 2014

CANDIDATOS AO GOVERNO PRESENTES NA REUNIÃO DA AMM.

Participação de candidatos ao governo em reunião da AMM mostrou comprometimento com municípios missioneiros
21 de Julho de 2014
Mesmo na expectativa de mudanças positivas a partir de 2015, mobilização da AMM por melhorias para os municípios não vai parar

A presença do candidato ao governo gaúcho pelo PMDB, Ivo Sartori; do candidato a vice-governador na chapa Ana Amélia Lemos, deputado estadual Cassiá Carpes, e do representante do candidato Tarso Genro, Marcelo Danéris, na assembleia da AMM que aconteceu na Famurs dias 17 e 18 de julho, demonstrou respeito e comprometimento com os 26 municípios missioneiros. Esta foi a avaliação do presidente da Associação dos Municípios das Missões, prefeito de São Luiz Gonzaga, Junaro Rambo Figueiredo e demais prefeitos que participaram dos encontros.

Os convidados apresentaram suas propostas e expectativas para o desenvolvimento do Estado, além de dialogarem com os prefeitos missioneiros sobre as necessidades consideradas prioritárias para o fortalecimento dos municípios e da região das Missões. O candidato a governador pelo PDT, Vieira da Cunha foi único a não comparecer e não enviar representante na assembleia. "Estamos em ano eleitoral e foi de grande valia para todos nós contarmos com a presença do candidato do PMDB, Ivo Sartori, do candidato a vice-governador na chapa de Ana Amélia Lemos, Cassia Carpes e do representante do Tarso Genro, Marcelo Danéris", ressaltou o presidente da AMM, acrescentando que as propostas dos candidatos foram ao encontro de muitas demandas que há anos vem sendo solicitadas pelos gestores municipais. Mas é fundamental que as promessas saiam da intenção e sejam realmente colocadas em prática.

Luta pelo aumento do FPM
Defensor das bandeiras municipalistas, o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski falou aos prefeitos da AMM sobre o aumento de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), a partir do ano que vem. A proposta, que ainda aguarda aprovação do Congresso Nacional, é pagar em duas vezes, meio por cento em 2015 e o restante em 2016. Ziulkoski abordou também sobre a questão do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), lei dos pisos e outros importantes temas de interesses dos municípios.

O presidente da AMM, Junaro Rambo Figueiredo, disse que todas as pautas municipalistas terão o apoio e acompanhamento da Associação. Segundo ele, no decorrer das próximas assembleias será retomada a discussão sobre estes assuntos, FPM, ISSQN e lei dos pisos, para que se possa avançar e melhorar a qualidade de vida dos cidadãos. Mas, enquanto as melhorias não se concretizam, o dirigente da AMM recomenda criatividade e ação para fazer muito com o pouco que os gestores contam para administrar o dia a dia. "Nossas receitas são dificuldades, mas precisamos trabalhar com o que temos atualmente”, reiterou Junaro.

Saúde
A secretária estadual de Saúde, Sandra Fagundes que também participou da assembleia da Associação na Famurs colocou em discussão as consequências da resolução 64, que trata do repasse de recursos para os pequenos hospitais. Ela garantiu que "o Estado não tem nenhuma pretensão de fechar os centros cirúrgicos”, explicando que a medida ainda está sendo revisada e sem definição de datas para as reuniões a serem realizadas com prefeitos e representantes do setor de saúde no RS, em especial na região das Missões. A secretária também fez uma explanação de várias ações realizadas pelo governo do Estado em benefício do setor, e tirou dúvidas dos prefeitos sobre demandas relacinadas à saúde dos municípios da região.

Médico Cirurgião, vice-presidente da AMM e prefeito de Porto Xavier, Paulo Sommer ressaltou novamente que "se concretizadas as medidas que tratam a resolução 64, sem cirurgias nos hospitais de pequeno porte os médicos não vão ficar no interior”. Sommer exemplificou sua própria atuação como médico, "Se acabarem   os procedimentos cirúrgicos no hospital em Porto Xavier, eu serei o primeiro a ir embora, pois não quero ver o sofrimento da comunidade", assegurou o prefeito missioneiro ao dizer que a saúde ainda precisa melhorar muito, e o SUS está tirando médicos do interior por falta de recursos para realização de pequenas cirurgias.

Os secretários estaduais de Infraestrutura; Fazenda; Agricultura; o diretor do Daer, e o presidente da Fepam também foram convidados. Eles não compareceram e não mandaram representação nas reuniões da AMM na Famurs.

Garruchos sediará próxima assembleia
Outros importantes assuntos estiveram em debate na reunião da Associação na Famurs. Pelo calendário da AMM a assembleia da AMM do mês de agostos seria no município de Dezesseis de Novembro. Mas, por solicitação do prefeito Carlos Cardinal, a próxima reunião será no município de Garruchos. Cardinal explicou que gostaria de receber os colegas prefeitos em agradecimento a solidariedade de todos as cidades da região que ajudaram os desabrigados pelas cheias no seu município. Ademir Mico Gonzato, prefeito de Dezesseis de Novembro, num ato de coleguismo e amizade, cedeu a vez para o município de Garruchos. A nova assembleia da Associação acontecerá no dia 22 de agosto.  

Site AMM
Por Karin Schmidt
Fonte: Assessoria de imprensa

OS CIEPS DE BRIZOLA E COLLARES JÁ PREVIAM ISTO NA EDUCAÇÃO DO RS.